o que é um desenvolvedor full stack

O que é um Desenvolvedor Full Stack?

Full stack web developer é um perfil de desenvolvedor que consegue trabalhar não somente com um determinado tipo de programação mas também compreender de forma razoável uma porção de outras tecnologias envolvidas em um sistema: banco de dados, infra-estrutura, sistema operacional, servidor web, rede, CSS/HTML, Javascript, etc.

Estes profissionais conseguem solucionar uma grande gama de problemas deste “stack” todo e, quando precisam de ajuda, precisam de pouca instrução de um profissional especialista na referida tecnologia para conseguirem prosseguir sozinhos. Profissionais com este perfil são também muito valorizados por conta facilitarem a comunicação entre as diferentes áreas que participam de um projeto, uma vez que entende bem um pouco de cada, funcionando como um intermediador e agilizando as soluções.

Ao contrário do que é pensado, não é preciso ser um desenvolvedor experiente para considerar-se “full stack”. Isto pode ocorrer perfeitamente nos primeiros anos do profissional, basta o mesmo ter contato com estas diferentes tecnologias, o que normalmente ocorre em empresas menores, startups (onde nem sempre há um profissional dedicado para cada tecnologia) ou empresas que valorizam este tipo de profissional.

O desenvolvedor full stack então é aquele que lida tanto com o back-end (o lado dos servidores), quanto com o front-end (o lado dos clientes, os browsers).

O back-end envolve ao menos uma linguagem de programação, e geralmente um banco de dados (que costuma ser SQL, mas pode ser de outro tipo, noSQL ou pares de chave-valor). O front-end envolve HTML, CSS e JavaScript (bem como outras ferramentas e frameworks ligadas a essas tecnologias).

O conjunto todo é chamado de “stack”, pois se trata de uma “pilha” de tecnologias (pense nas tecnologias do servidor embaixo, e as do cliente em cima). Então “full-stack” é aquele desenvolvedor que lida com todas as camadas da pilha, e não só com uma parte delas.

 

full stack develop img1

 

Conclusão:

Você ser um desenvolvedor Full-stack não significa necessariamente que você tenha que ser um desenvolvedor experiente, ou apenas um desenvolvedor web. Basta você ter o conhecimento razoável em tecnologias front-end e back-end, de uma maneira que você se sinta confortável com ambas metodologias. Na maioria das empresas, os empregadores procuram alguém  versátil, ou seja, se você é um profissional “completo”, que vá além e resolva os mais diversos tipos de problemas que impactam no negócio do cliente você tem uma maior vantagem na hora da contratação. Dica:  Se você é um programador você deve ter consciência de que para se manter sempre ativos, você precisam estar por dentro do que há de melhor no mercado, sempre vá se especializando e aprendendo novas tecnologias.

Deixe um comentário